Como lidar com as estrias na gestação – Gestar Organics

Como lidar com as estrias na gestação

 

Como lidar com as estrias na gestação: O nosso corpo se transforma completamente para poder gerar e dar à luz ao nosso bebê. Embora algumas mudanças sejam sutis e passageiras, tem uma que, por vezes, permanece e é causa de muito desconforto para nós mães: as estrias gravídicas.

Elas são ocasionadas pelo estiramento da pele, que precisa se esticar demais em muito pouco tempo, partindo algumas fibras importantes e gerando essas cicatrizes que chamamos de estrias. Já se sabe que a genética e alguns fatores hormonais estão envolvidos no processo, mas fato é que a maioria de nós vamos ter que lidar com elas.

E qual a melhor forma de lidarmos com isso? Precisamos cuidar muito bem de nós mesmas: a começar pela nossa alimentação e hidratação constante. Os exercícios, quando liberados pelo seu médico, também são de grande ajuda. Todo esse contexto vai nos auxiliar a manter o nosso peso sob controle, o que reduz o estiramento da pele, e ajuda a reduzir o aparecimento de estrias.
Essa abordagem holística é fundamental, mas não quer dizer que não tenhamos que ter cuidados especiais com nossa pele. As estrias costumam aparecer na 25ª semana de gestação, mas o nosso cuidado precisa começar bem antes disso.

Nós temos que preparar a pele para o que está por vir e acompanhá-la durante toda a gestação, adaptando os cuidados para as necessidades de cada fase que vamos viver. Precisamos cuidar especialmente das áreas de maior probabilidade de surgimento de estrias: barriga, seios, quadril e glúteos.

Já no primeiro trimestre, precisamos passar cremes a base de óleos vegetais e vitaminas para aumentar a elasticidade da pele e reduzir o risco de formação das estrias.

No segundo trimestre, a pele tende a expandir mais, pelo desenvolvimento de nosso bebê, então precisamos dedicar um pouco mais de tempo nos cuidados. É importante tirar um tempo para massagear com creme as regiões mais afetadas. Aqui, seus grandes aliados serão o ácido hialurônico, o silício orgânico junto dos já conhecidos óleos vegetais. Eles vão manter a hidratação da pele, fazendo com que ela fique com sua espessura natural e seja menos provável um rompimento.

Se, ainda assim, começarem a surgir algumas estrias, é fundamental que cuidemos delas imediatamente. Isso vai fazer com que haja a reconstrução de fibras elásticas da pele e síntese de novas fibras de colágeno, reduzindo o tamanho, profundidade e aparência das estrias recém formadas.

O terceiro trimestre é o momento mais mágico, e o de maior emoção também (se é que dá para gente definir isso, né?). Está quase na hora de conhecermos nosso filho, ele está cada dia mais perto de estar pronto para vir ao mundo. E isso exige ainda mais do nosso corpo. Aqui, precisamos de uma hidratação ainda mais forte para manter a integridade da pele. O ideal é que utilizemos uma manteiga, com a concentração de ativos naturais bem elevada.

Após a gestação, podemos cuidar das estrias que surgiram com alguns ativos que antes não podíamos pela segurança do bebê. O bom é que como fizemos o tratamento ao longo dos nove meses, essas estrias são menores e mais fáceis de serem tratadas. Agora, enquanto amamentamos, temos o cuidado final: aumentar a produção de colágeno, reorganizar as fibras elásticas e diminuir o comprimento e a largura das estrias.

Mantendo essa rotina de cuidados, podemos minimizar a dor de ver essa transformação da nossa pele que, muitas vezes, é desagradável. Isso nos ajuda a manter a auto-estima e a viver essa fase mágica da nossa vida da melhor forma possível.

Um ponto de atenção ao cuidar das estrias gravídicas é sempre se certificar de que os produtos são seguros para sua gestação e pensados para o momento em que você está. Aqui na Gestar Organics, nós colocamos seu cuidado e segurança sempre em primeiro lugar.