A pele é um dos órgãos especialmente sensíveis às alterações hormonais e mecânicas que ocorrem durante a gestação. Muitas destas alterações na pele podem ser exuberantes e irão necessitar de cuidados específicos.

A cada trimestre da gestação a mulher experimenta mudanças esperadas no corpo e, especialmente na pele do rosto.

Existe um padrão esperado para estas alterações da pele do rosto.

No primeiro trimestre, por exemplo, é muito frequente o aumento da oleosidade e o aparecimento de lesões de acne no rosto, sendo fundamental um manejo adequado com produtos cosméticos tópicos que controlem a produção sebácea excessiva.

  • Dica: Lavar o rosto duas vezes ao dia, de preferência com um produto suavemente esfoliante. Aplicar em seguida uma loção tônica adstringente e finalizar com um sérum rico em ativos seguros que regulem a oleosidade.

No segundo trimestre, não só as emoções ficam mais afloradas…a pele também costuma se apresentar mais sensível devido às alterações vasculares e ao aumento natural dos vasos sanguíneos. Nesse período, a pele fica mais avermelhada e reativa.

Com a pele sensível, todo cuidado é fundamental.

Mantenha sempre uma rotina de cuidados com a pele do rosto com cosméticos suaves, naturais, sem conservantes, corantes ou fragrâncias, além de abusar de água termal ou água floral diariamente para “acalmar” a pele.

  • Dica: Não lave o rosto com água quente (evite lavar o rosto durante o banho). Aplique uma espuma de limpeza com agentes calmantes, em seguida seque cuidadosamente com uma toalha macia e aplique jatos de água termal ou água floral no rosto. Para finalizar os cuidados aplique um sérum suave contendo ativos seguros para manter a pele hidratada, nutrida e também menos reativa.

Já no terceiro trimestre temos a maior probabilidade do surgimento de lesões hipercrômicas (manchas escuras e acastanhadas) na pele do rosto, conhecido como melasma.

Estas manchas podem até iniciar no primeiro ou segundo trimestre da gestação, porém são mais comuns durante o último trimestre gestacional.

O melasma causa um impacto negativo na qualidade de vida, principalmente por acometer a face e a imagem corporal da gestante, comprometendo sua autoestima com repercussões na vida pessoal e profissional.

Para evitar que essas indesejadas manchas surjam ou escureçam, é muito importante adotar cuidados preventivos já durante a gestação.

  • Dica: As medidas de fotoproteção com uso de filtros solares físicos devem se intensificar. Manter uma rotina frequente com produtos cosméticos ricos em ativos antioxidantes e agentes clareadores são procedimentos essenciais na prevenção e manutenção da saúde e da beleza das futuras mamães.